Cármen
LAZER,

A minha Cármen

Hoje, no Dia Mundial do Teatro, hesitei sobre o que escrever, numa época em que os teatros ainda estão fechados com tantos atores e técnicos sem trabalho, e sem um estatuto laboral que lhes permita um condigno apoio social. Pensei em relembrar a importância desta arte milenar no desenvolvimento das sociedades evoluídas ou até escrever sobre o que significa o teatro na minha vida e como através dele encontrei o meu caminho como homem e como artista. Depois lembrei-me de todos os atores que no último ano nos deixaram, sem aviso, sem que nos pudéssemos despedir e penso imediatamente na Cármen, na minha Cármen. Ainda não me habituei à ideia.